Enquanto Goldstone dorme, Sderot sonha com um ano novo de paz!

0
547

Sderot Media Center Empacta a Mídia Global com Resposta ao Relatório Goldstone

O Diretor do Sderot Media Center, Noam Bedein, que em julho testemunhou diante da Comissão Goldstone em Genebra, condenou o relatório da Comissão da ONU, que chamou de ‘farsa’ que serviu para legitimar atos de terror cometidos contra Israel por organizações terroristas como o Hamas. A nota oficial à impressa em resposta ao relatório da ONU foi divulgada pelo noticiário internacional na ChinaÍndia, Japão, IrlandaTailândia e África do Sul. Os noticiários israelenses Jerusalem PostIsrael National NewsIsrael RadioYNet News e Ha’aretz também divulgaram a resposta de Bedein.

Enquanto os residentes de Sderot e do Negev entram em seu nono ano de vida sob a ameaça e sob o fogo dos foguetes de Gaza, Sderot Media Center se prepara para enfrentar futuros desafios. As dificuldades financeiras do ano anterior não impediram o SMC de conduzir uma intensa campanha de conscientização, conseguindo colocar Sderot no mapa internacional.

Os serviços de informação do Sderot Media Center foram internacionalmente reconhecidos quando a Comissão da ONU de Apuração de Fatos Sobre o Conflito de Gaza solicitou que o Centro fornecesse um relatório completo explicando o impacto dos foguetes nos israelenses em Sderot e no Sul. Eu tive a oportunidade de falar por Sderot diante da Comissão da ONU em Genebra em julho passado.

Representantes do SMC visitaram o Capitólio nos Estados Unidos, AustráliaManitobaNoruegaInglaterra, e campi de Universidades americanas, comunidades judaicas e cristãs, proporcionando fatos e documentários sobre a vida em Sderot a platéias de diferentes partes do mundo. No ano passado, SMC recebeu o Embaixador britânico em Israel, governadores norte-americanos, congressistas, senadores, diplomatas e outras autoridades influentes, assim como diversos grupos de imprensa internacional

Isto gera a pergunta: Agora que a maior parte do mundo sabe da situação em Sderot, qual a importância do trabalho do Sderot Media Center?

A recente ‘Guerra de Gaza’ afetou todo o mundo, com campanhas de propaganda multimilionárias e investimento em relações públicas com o objetivo de retratar as senas em Gaza. Praticamente todas as comunidades judaicas do mundo assistiram enormes demonstrações públicas contra Israel durante e depois da operação Cast Lead. Este desequilíbrio de cobertura da imprensa naturalmente deu mais legitimidade ao Hamas, que se tornou internacionalmente familiar. Este tipo de legitimação do terrorismo e dos líderes terroristas representa uma perigosa ameaça para a paz na região e para a existência do Estado judeu.

O Sderot Media Center é a única fonte de informação contrabalançando diariamente a narrativa de Gaza com a história humana de Sderot e do Sul de Israel. Durante a relativa calma do cessar-fogo, milhares de residentes de Sderot ainda estão sofrendo dos efeitos pós-traumáticos e devastação econômica causados por anos de ataques com foguetes.

O SMC desenvolveu um modelo para compartilhar as vozes de residentes locais e expor o impacto psicológico dos foguetes terroristas sobre a população civil. Dois projetos do SMC para o próximo ano foram desenvolvidos para apresentar de forma mais efetiva a perspectiva dos israelenses sobre o conflito de Gaza.

1. Sderot Community Treatment Theater

2. Sderot Media’s Information Center

Nós, do Sderot Media Center, gostaríamos de agradecer por seu apoio generoso por continuar acreditando em nosso trabalho.

Que esse Ano Novo traga paz e segurança para os residentes de Sderot e de toda Israel.
Shana Tova,

Noam Bedein, Diretor do SMC

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here